segunda-feira, 20 de novembro de 2017

O Guia Completo para Quem Não É C.D.F. – Pré-Cálculo




O Guia Completo para Quem Não É C.D.F. – Pré-Cálculo 






The Walking Dead 4x14 - A Morte da Lizzie (PT/BR)





[Lizzie apologizes to Carol for pointing her gun at her] 



Lizzie Samuels: What is it? What is it? Are you mad at me? Is that what you wanted to talk to me about? I'm sorry I pointed my gun at you. I just needed you to wait. 

Carol Peletier: [Carol with tears in her eyes] I know. 

Lizzie Samuels: [Lizzie turns her back to Carol crying] I'm sorry. You're mad at me. 

Carol Peletier: [Carol's voice cracks] I love you, Lizzie. 

Carol Peletier: [Lizzie sniffles] And everything works out the way it's supposed to. 

Lizzie Samuels: [Lizzie continues to cry] I'm sorry. Please don't be mad at me. I'm sorry. 

(IMDB)


Lizzie Samuels, num mundo onde as regras não se aplicam mais e as crianças crescem em meio à violência, o que pode acontecer com elas? Como elas irão encarar esse novo mundo? Lizzie Samuels era a irmã mais velha de Mika. Lizzie desenvolveu um comportamento psicótico. Em uma das cenas mais bizarras da série, ele quase sufocou a bebê Judith. O problema de Lizzie é que ela encarava os Walkers como uma progressão natural da vida, ela dava nomes para eles, os alimentava com ratos e até falava com eles. Assim, ela não se importava com a morte das pessoas porque elas voltariam como walkers. A gravidade do problema que Lizzie representa só fica evidente quando ela mata a própria irmã para que ela se transforme em walker. Só então Carol percebe que precisará matar Lizzie ou ela acabaria matando Judith e essa morte transformou Carol, eu acredito que este foi o momento em que ela começou a dar sinais do Transtorno de stress pós traumático que se desenvolveu na sexta temporada. (FONTE: Apaixonados por Séries)






4ª TEMPORADA

MP4 Dublado

Episódio 01: Mega – UsersCloud
Episódio 02: Mega – UsersCloud
Episódio 03: Mega – UsersCloud
Episódio 04: Mega – UsersCloud
Episódio 05: Mega – UsersCloud
Episódio 06: Mega – UsersCloud
Episódio 07: Mega – UsersCloud
Episódio 08: Mega – UsersCloud
Episódio 09: Mega – UsersCloud
Episódio 10: Mega – UsersCloud
Episódio 11: Mega – UsersCloud
Episódio 12: Mega – UsersCloud
Episódio 13: Mega – UsersCloud
Episódio 14: Mega – UsersCloud - GDrive 
Episódio 15: Mega – UsersCloud
Episódio 16: Mega – UsersCloud

Além da Imaginação - Episódio 24 - A Última Volta / Last Lap



Além da Imaginação / The Twilight Zone (2002-2003)


01 02 03 04 05 06 07 08

 09 10 11 12 13 14 15 16

17 18 19 20 21 22 23 24


FIM DA 1ª TEMPORADA

Ele Está de Volta / Er Ist Wieder Da


DUAL ÁUDIO


ONLINE








Além da Imaginação - Episódio 04 - O Homem dos Seus Sonhos / Dream Lover


Além da Imaginação / The Twilight Zone (2002-2003)


01 02 03 04 05 06 07 08 09 10

 

domingo, 19 de novembro de 2017

Himizu (2001)


Título Original: Himizu
Título no Brasil: Himizu
Direção: Sion Sono
Gênero: Crime/Drama
Ano de Lançamento: 2011
Duração: 129 min
País: Japão
Sinopse: Baseado no mangá de mesmo nome, a história se passa em algum lugar do Japão pós-tsunami. Sumida Yuchi quer tornar-se um menino normal e viver uma vida decente. Ele dirige os negócios do seu pai – uma “empresa” de aluguel de barcos, que está localizada próximo a um lago indefinido. Sua mãe freqüentemente chega em casa com homens diferentes e ignora a existência do garoto. Seu pai só aparece em busca de dinheiro e, quando está bêbado, diz ao garoto: “Eu preferia que você estivesse morto.” Keiko Chazawa é a colega de escola de Yuchi, uma garota rica que tem uma queda por ele. Mas a vida dela também não é muito melhor, pois a mãe também a rejeita. Um dia, a Yakuza aparece na casa de Yuchi, à procura do pai do garoto, que não está lá. Eles dão um ultimato: o jovem precisa arranjar 6 milhões de ienes até o dia seguinte para pagar o débito do pai. Yuchi, já desolado pelo abandono de sua mãe e pelo abuso que sofre do pai, começa a se transformar.


BRRip - 410 Mb
DownloadLegenda

Livro: Como Mentir com Estatísticas (Darrell Huff)


Descrição do livro

«A juventude não é uma questão de idade. A colecção «Ciência Aberta» tem mais de 30 anos e continua nova. Após ter recebido o Grande Prémio Ciência Viva e ter publicado o número 200 prossegue com este verdadeiro clássico da divulgação científica, que, apesar de ter quase 60 anos, continua extraordinariamente actual. Faltava a edição portuguesa que o leitor tem agora em mãos.Hoje como ontem a estatística continua a ser levianamente evocada por tudo e por nada, numa e noutra área (na política, na economia, na publicidade, etc.), a propósito e a despropósito, muitas vezes para justificar o injustificável. E só um cidadão com cultura científica, um cidadão que leia este e outros livros da colecção «Ciência Aberta», pode estar prevenido para os erros e abusos cometidos em nome da ciência. No Ano Internacional da Estatística a Gradiva orgulha-se de publicar este livro de Darrell Huff, enriquecido pelo tão sábio como divertido prefácio de Dinis Pestana, professor de Estatística da Universidade de Lisboa.
Depois de o ler, o leitor não mais vai olhar para um inquérito ou para uma média da mesma maneira!»

PUBLICADO NO BRASIL










sábado, 18 de novembro de 2017

Patrick Hernandez - Born to Be Alive







We were born to be alive
We were born to be alive
Born, born to be alive
(Won't you be alive)

You see you were born
Born, born
(Born to be alive)


People ask me why
I never find a place to stop
And settle down, down, down
But I never wanted all those things

People need to justify
Their lives, lives, lives
You see you were

Born, born, born to be alive
(Born to be alive)

You see you were
Born, born, born
(Born to be alive)


It's good to be alive
To be alive
To be alive

It's good to be alive
To be alive
To be alive
It's good to be alive


Time was on my side
When I was running down the street
It was so fine, fine, fine
A suitcase and an old guitar

And something new to occupy
My mind, mind, mind

You see you were born, born
Born to be alive
(Born to be alive)

You see you were born, born, born
(Born to be alive)

You see you were born, born
Born to be alive
(Born to be alive)

You see you were born, born, born
(Born to be alive)

You see you were born, born
Born to be alive
(Born to be alive)

You see you were born, born, born
(To be alive)
Born, born to be alive
(Born to be alive)

You see you were born, born, born
(Born to be alive)
Born, born to be alive


Rivers Of Babylon - Boney M.




SALMO 137 (PORTUGUÊS)

Slm 137:1  Junto dos rios de Babilônia, ali nos assentamos e choramos, quando nos lembramos de Sião. 
Slm 137:2  Sobre os salgueiros que há no meio dela, penduramos as nossas harpas. 
Slm 137:3  Pois lá aqueles que nos levaram cativos nos pediam uma canção; e os que nos destruíram, que os alegrássemos, dizendo: Cantai-nos uma das canções de Sião. 
Slm 137:4  Como cantaremos a canção do SENHOR em terra estranha? 
Slm 137:5  Se eu me esquecer de ti, ó Jerusalém, esqueça-se a minha direita da sua destreza. 
Slm 137:6  Se me não lembrar de ti, apegue-se-me a língua ao meu paladar; se não preferir Jerusalém à minha maior alegria. 
Slm 137:7  Lembra-te, SENHOR, dos filhos de Edom no dia de Jerusalém, que diziam: Descobri-a, descobri-a até aos seus alicerces. 
Slm 137:8  Ah! filha de Babilônia, que vais ser assolada; feliz aquele que te retribuir o pago que tu nos pagaste a nós. 
Slm 137:9  Feliz aquele que pegar em teus filhos e der com eles nas pedras. 


PSALM 137 (ENGLISH)

Slm 137:1  By the rivers of Babylon, there we sat down, yea, we wept, when we remembered Zion. 
Slm 137:2  We hanged our harps upon the willows in the midst thereof. 
Slm 137:3  For there they that carried us away captive required of us a song; and they that wasted us required of us mirth, saying, Sing us one of the songs of Zion. 
Slm 137:4  How shall we sing the LORD'S song in a strange land? 
Slm 137:5  If I forget thee, O Jerusalem, let my right hand forget her cunning. 
Slm 137:6  If I do not remember thee, let my tongue cleave to the roof of my mouth; if I prefer not Jerusalem above my chief joy. 
Slm 137:7  Remember, O LORD, the children of Edom in the day of Jerusalem; who said, Rase it, rase it, even to the foundation thereof. 
Slm 137:8  O daughter of Babylon, who art to be destroyed; happy shall he be, that rewardeth thee as thou hast served us. 
Slm 137:9  Happy shall he be, that taketh and dasheth thy little ones against the stones. 


SALMO 137 (ITALIANO)

Slm 137:1  Là presso i fiumi di Babilonia, sedevamo ed anche piangevamo ricordandoci di Sion. 
Slm 137:2  Ai salici delle sponde avevamo appese le nostre cetre. 
Slm 137:3  Poiché là quelli che ci avevan menati in cattività ci chiedevano dei canti, e quelli che ci predavano, delle canzoni d'allegrezza, dicendo: Cantateci delle canzoni di Sion! 
Slm 137:4  Come potremmo noi cantare le canzoni dell'Eterno in terra straniera? 
Slm 137:5  Se io ti dimentico, o Gerusalemme, dimentichi la mia destra e le sue funzioni, 
Slm 137:6  resti la mia lingua attaccata al palato se io non mi ricordo di te, se non metto Gerusalemme al disopra d'ogni mia allegrezza. 
Slm 137:7  Ricordati, o Eterno, dei figliuoli di Edom, che nel giorno di Gerusalemme dicevano: Spianatela, spianatela fin dalle fondamenta! 
Slm 137:8  O figliuola di Babilonia, che devi esser distrutta, beato chi ti darà la retribuzione del male che ci hai fatto! 
Slm 137:9  Beato chi piglierà i tuoi piccoli bambini e li sbatterà contro la roccia! 





Caucasoid Skull


sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Esposas Traiçoeiras - Pesadelo Americano - 1x5 - Investigacao ID




Filme: Doze Homens e Uma Sentença (1957)




Um velho disse ter ouvido, aos 10 minutos da meia-noite (00:10) um grito em que um jovem dizia: "Vou te matar!". Então, um corpo foi jogado. Um jovem, de 18 anos, filho da vítima, foi acusado. A pena: cadeira elétrica. O caso: fictício. É a razão do filme 12 Angry Men (Doze Homens e uma Sentença), de 1957. Por fim, os jurados, em número de 12, que a princípio eram pela condenação (menos um deles), foi convencido pelo Jurado n. 8 que não havia condições suficientes para se condenar o acusado, pois os relatos testemunhais não eram convincentes ou se provou não o serem.


Título original: 12 Angry Men


Roda Viva | Maitê Proença | 13/11/2017



O Roda Viva recebe Maitê Proença para falar sobre sua carreira, sobre a peça “A Mulher de Bath”, com a qual vem percorrendo várias cidades do país, que deve estrear em São Paulo, em fevereiro, e sobre o filme “BIO”, premiado no Festival de Gramado. Além de detalhes da vida pessoal, Maitê vai comentar sua participação na política.

Atualmente, a atriz participa também da série “Me Chama de Bruna”, que vem sendo exibida pelo canal Fox Premium, onde interpreta uma apresentadora de TV. Maitê também está disposta a dar uma contribuição para mudanças no país, ajudando no treinamento dos bolsistas do Renova Brasil, projeto que visa formar novos nomes para atuar no universo político brasileiro.

Compõem a bancada de entrevistadores o ator Fulvio Stefanini; o editor da coluna Gente da revista Veja, Bruno Meier; a repórter Marcela Paes; o colunista de televisão e entretenimento do jornal Folha de S.Paulo, Tony Goes; e a jornalista e roteirista, Rosana Hermann. O programa também conta com a participação fixa do cartunista Paulo Caruso.

Mediador: Augusto Nunes

UOL entrevista Jorge Kajuru (6 de nov de 2017)

Oliver Twist - Charles Dickens





Leia a obra Oliver Twist, de Charles Dickens. Embaixo, estão os links para a tradução em português feita por Machado de Assis e a obra em inglês. Também o link da HQ que conta a história de Fagin, o judeu de Oliver Twist. É o contraponto da obra de Charles Dickens. Imperdível ler as duas obras. A HQ está traduzida para português. Se quiser lê-la, poderá baixar o CDisplay.






Baixe também o filme: 
BRRip - 1.00 Gb
DownloadLegenda
BRRip - 1.98 Gb
DownloadLegenda


Deposit Files (Dual Áudio)






FONTE: Filmes Cult, Lannister Filmes





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...